terça-feira, 15 de junho de 2010

.um tempo só nosso




Não... não temos pressa, e também não procuramos simetria nessas linhas tortas.

Estamos longe de darmos suspiros ofegantes, dos telefonemas apaixonados, da ansiedade de esperar aquele certo sms... Não falamos alto, não imploramos atenção, não trocamos flores, não pulamos as vírgulas, os pontos e neim os travessões.

Estamos no nosso tempo...

Com abraços apertados, com olhares sinceros, com a companhia suave, com bate-papos que me façam sorrir, com uma sintonia inigualável, com um desejo delicioso, com algum nível de embriaguez, com amigos por perto o tempo todo, com o nosso espaço, nossa forma única de relacionamento, com aquelas saudades antecipadas quando chega o domingo a noite...

Eu
e você, meu bem, não acontecemos por uma relação casual, mas por uma relação de significado...e que ainda estamos trabalhando.

Um comentário:

Simon broenni disse...

Tati, você deve ter escrito esse texto pra mim so pode! Nossa como diz tudo o que eu to querendo dizer e ta engasgado e que nem com tapas que a vida esta me dando sai da minha garganta! Te adoro Gata! Arraza sempre no blog! =*

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios